Política de Privacidade

Política de Privacidade

Desejamos manter uma relação de confiança e transparência com todos os nossos clientes, fornecedores e parceiros (“Você(s)”). Por essa razão, garantimos que toda a sua interação conosco seja realizada com toda a segurança possível e atendendo a todos os padrões atuais de privacidade.

Por isso, pedimos que Você reserve alguns minutos para ler atentamente a nossa Política de Privacidade, que descreve os dados pessoais que coletamos, como eles são usados, armazenados e compartilhados, como Você poderá exercer os seus direitos, entre outros detalhes. As regras deste documento serão aplicáveis sempre que Você navegar no nosso site jornalmoney.com (“website”) e consumir os nossos conteúdos.

Caso Você tenha dúvida sobre algum dos termos utilizados, poderá consultar o glossário ao final deste documento ou clicar aqui e consultar a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (“LGPD”) que, no art. 5º, traz diversas definições e conceitos necessários.

Quem somos

O endereço do nosso site é: https://jornalmoney.com. Somos um portal de notícias com cobertura jornalística voltada ao mercado econômico e de investimentos. Buscamos levantar e antecipar discussões importantes para o investidor e dar respostas às questões do momento. Somos referência em investimentos pessoais, educação financeira, gestão de carreiras e consumo no mercado brasileiro.

No Jornal Money, investidores, analistas, gestores e entusiastas do ambiente econômico brasileiro usufruem de textos objetivos e de qualidade que vão ao centro da informação, análise e debate.

Como coletamos os seus dados pessoais?

As informações que tratamos a seu respeito podem ter sido fornecidas diretamente por Você ao Jornal Money, ou mesmo coletadas de forma automática através do nosso site e outros canais.

Vamos entender melhor cada uma dessas situações de coleta de dados?

a. Informações fornecidas diretamente por Você

Desde o início da sua interação conosco, Você voluntariamente nos disponibiliza informações a seu respeito. Por exemplo, quando cadastra o seu e-mail para recebimento de notícias.

b. Informações obtidas automaticamente

Em algumas situações, também poderemos coletar Dados Pessoais de forma automática, por meio dos dispositivos que Você utiliza para acessar o nosso website. Essas informações nos auxiliam a gerar estatísticas de acesso e, assim, conhecer melhor o nosso público. Isso é importante para que possamos aperfeiçoar nossas Plataformas e conteúdos e adequá-los aos mais diversos públicos. Alguns desses dados podem ser coletados por meio de cookies ou tecnologias similares, conforme explicaremos em tópico próprio abaixo.

Quais dados pessoas tratamos?

O Jornal Money poderá Tratar os seus Dados Pessoais nos exatos termos definidos pela LGPD. Com o propósito de respeitar a sua privacidade, entendemos que todo e qualquer Tratamento de Dados Pessoais deve ser limitado ao mínimo necessário, de forma pertinente e proporcional para permitir que seja realizada a finalidade pretendida.

Por isso, os Dados Pessoais que coletamos a seu respeito irão variar conforme a relação que Você possui conosco, ou seja, como visitante, parceiro, dentre outros tipos de vínculos.

Você concorda expressamente em fornecer apenas Dados Pessoais precisos e verdadeiros, e não acessar as nossas plataformas utilizando dados que alterem a sua identidade. Você será responsável pelas informações inseridas em nossos canais, e quando forem falsas, desatualizadas ou imprecisas.

Abaixo, agrupados em categorias, apresentamos os principais Dados Pessoais que podem ser tratados por nós:

a. Dados cadastrais: e-mails pessoal e/ou profissional;
b. Atributos associados aos seus dispositivos eletrônicos: endereço IP dos dispositivos móveis utilizados, interações realizadas e perfil de uso de sites, dados técnicos, como informações de URL, de conexão de rede, do provedor, e do dispositivo, cookies, ID de dispositivo, sistema operacional, navegador e modelo e dados de geolocalização do dispositivo, caso Você autorize a coleta a partir do seu dispositivo.

Importante afirmar que o Jornal Money não faz coleta de dados pessoais sensíveis. São eles: origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico.

Ainda, poderão ser tratados dados pessoais de menores de 18 (dezoito) anos, quando contratarem os nossos serviços. Nesses casos, também coletaremos os dados pessoais de seus responsáveis, conforme determinado pela legislação.

Como utilizamos os seus dados pessoais?

Podemos Tratar os seus Dados Pessoais para múltiplas finalidades e propósitos, compreendendo:

Categoria dos Dados PessoaisFinalidades
Dados cadastraisViabilizar um serviço solicitado por Você
• Trataremos os seus Dados Pessoais para viabilizar a sua identificação e acesso aos nossos conteúdos.
Dados cadastrais
Dados de contato
Comunicação/Publicidade
• Podemos tratar os seus Dados Pessoais para nos comunicarmos com Você e enviar-lhe informações por e-mail ou outros meios, sobre nossos conteúdos, salvo quando Você nos instruir expressamente para não o contatar sobre nossas comunicações promocionais.
• Para enviarmos conteúdos publicitários e de marketing, salvo quando Você nos instruir expressamente para não o contatar sobre nossas comunicações neste sentido.
• Para enviar a Você convites de eventos e pesquisas realizadas pelo Jornal Money.
Dados cadastrais
Atributos associados a seus dispositivos eletrônicos
Viabilizar atividades necessárias ao Jornal Money
• Com base no nosso legítimo interesse, também poderemos tratar os seus Dados Pessoais em atividades como: melhorias de nossos conteúdos, relacionamento com nossos clientes e parceiros, análises e relatórios de desempenho da empresa e consultas internas. Nas atividades de apoio aos interesses do Jornal Money, sempre observaremos os limites da sua expectativa e o Tratamento dos Dados Pessoais não se dará em prejuízo de seus interesses, direitos ou liberdades fundamentais.
• Tratamos os seus Dados Pessoais também para nos ajudar a gerir e melhorar nosso website, eventos, experiências  e conteúdos de forma personalizada, ou não.
• Prevenir e resolver problemas técnicos e de segurança, sempre que necessário.
Dados cadastrais
Dados de contato
Cumprir com nossas obrigações legais ou regulatórias
• Seus Dados Pessoais poderão ser utilizados para o atendimento das nossas obrigações dispostas em lei e/ou regulações de órgãos governamentais e de ordens ou requisições de autoridades fiscais, Poder Judiciário e/ou outra autoridade competente.
Dados cadastrais
Dados de contato
Permitir o exercício regular de nossos direitos
• Mesmo após o término da sua relação conosco, nós poderemos tratar alguns de seus Dados Pessoais para exercer nossos direitos garantidos em lei, inclusive como prova em processos judiciais, administrativos ou arbitrais, quando necessário.

Com quem compartilhamos os seus dados pessoais?

É possível que o Jornal Money realize o uso compartilhado de seus Dados Pessoais, caso em que estará restrito ao mínimo adequado e necessário para o cumprimento de alguma das finalidades específicas e previamente informadas a Você nesta Política.

Assim, abaixo indicamos algumas situações em que poderemos compartilhar os seus Dados Pessoais:

  • Provedores de serviços – Poderemos compartilhar os seus Dados Pessoais com provedores de serviços contratados para facilitar, promover e otimizar as atividades e as funcionalidades de nosso website e de nossos conteúdos ou prevenir e solucionar problemas técnicos ou de segurança. Estas empresas incluem, sem se limitar, fornecedores de serviços de tecnologia da informação, atendimento ao consumidor, comunicação, serviços estatísticos, pesquisas, marketing, credenciadores de meios de pagamento, serviços de cloud, entre outros. Em todo compartilhamento dos seus dados com os provedores de serviço, as informações serão utilizadas exclusivamente para a finalidade acordada com o Jornal Money, ficando os provedores obrigados ao cumprimento das diretrizes desta Política.
  • Com autoridades públicas – Podemos compartilhar informações, incluindo Dados Pessoais dos Titulares e de terceiros, com autoridades e/ou órgãos públicos, agências regulatórias, autoridades legais (e.g. delegacias regionais), autarquias, órgãos de defesa do consumidor, órgãos do governo e do judiciário, nos seguintes casos: (a) para cumprir decisão judicial ou solicitação governamental; (b) para permitir o exercício regular de nossos direitos e prevenir responsabilidades da Jornal Money; (c) para investigar, impedir ou tomar medidas relacionadas a atividades ilegais, suspeitas ou reais, ou para cooperar com órgãos públicos; (d) investigar possíveis violações de direitos da Jornal Money e/ou de terceiros; e (e) cumprir obrigações legais e/ou regulatórias aplicáveis aos nossos conteúdos.
  • Com escritórios de advocacia externos – Podemos compartilhar seus Dados para atuação em demandas ou processos extrajudiciais, judiciais, administrativos ou arbitrais, quando necessário para prover a ressalva de nossos direitos, prevenir ou reprimir fraudes e cumprir obrigações legais.

Toda e qualquer sociedade, entidade pública ou privada, autoridade, órgão, agência e/ou pessoa que tiver acesso aos Dados Pessoais dos Titulares e/ou de terceiros, de acordo com as situações previstas no capítulo referente ao compartilhamento de dados pessoais, passará a assumir a posição de agente de tratamento e estará obrigada, nos termos da legislação aplicável e/ou dos contratos firmados com a Jornal Money, a adotar as melhores práticas de segurança e governança no tocante à proteção e tratamento dos Dados Pessoais  que tiverem acesso.

Nas situações em que o compartilhamento de Dados Pessoais for com um terceiro localizado fora do Brasil, além de garantir a segurança e proteção dos Dados Pessoais por meio de contrato, a Jornal Money se valerá de uma das hipóteses legais de transferência internacional.

O que são cookies? Como os utilizamos?

O Jornal Money tem o compromisso de oferecer a melhor experiência de navegação possível, e para isso, fazemos o uso de cookies. Por isso, abaixo informamos em detalhes como esse tipo de recurso pode ser utilizado.

Mas o que são cookies?

Cookies são pequenos arquivos de texto contendo informações que podem ser armazenadas em seus dispositivos eletrônicos quando Você visita o nosso website. Os cookies podem, por exemplo, lembrar as suas preferências de idioma, autenticar o seu acesso às áreas restritas, quando aplicável, bem como nos dar estatísticas de seus acessos.

Nós utilizamos cookies para entender melhor o seu comportamento no nosso website e, com isso, melhor adaptá-lo aos seus interesses e necessidades, auxiliando na eficácia, na velocidade e na apresentação de futuro conteúdo para Você.

Nós podemos ainda usar essas informações para auditorias, análises estatísticas com estudo de preferências, ciência de dados, desenvolvimento e melhoria de conteúdos oferecidos no Jornal Money.

Agregados em grupos, abaixo listamos os tipos de cookies utilizados e suas finalidades:

Tipo de CookieO que eles fazem?
Necessários/EssenciaisSão cookies essenciais para viabilizar o adequado funcionamento do nosso website, assim como para permitir que Você faça uso de todas as funcionalidades disponíveis.
Desempenho/AnáliseSão cookies que nos ajudam a entender como os visitantes interagem com o nosso website, fornecendo informações sobre as áreas visitadas, o tempo de visita ao website e quaisquer problemas eventualmente encontrados.
FuncionaisSão cookies que permitem lembrarmos das suas escolhas anteriores, como idioma de navegação. São responsáveis por proporcionar uma experiência personalizada.
Marketing/PublicidadeSão cookies utilizados para fornecer mais conteúdo relevante e específico para os seus interesses. Podem, ainda, ser utilizados para apresentar publicidade com um maior direcionamento ou limitar o número que esta é veiculada. Também, permitem a medição da eficácia de uma campanha lançada.

Destacamos que os cookies necessários são essenciais para o normal funcionamento de nosso website. Isso significa que, caso Você se oponha à utilização desta ferramenta, isso poderá implicar na inviabilidade de sua experiência ou na suspensão de seu acesso.

Vale destacar ainda que nosso website pode conter cookies diretamente instalados por Nós (cookies primários) ou aqueles vinculados a domínios de terceiros (cookies de terceiros). Estes últimos, apesar de instalados por outras empresas, oferecem algumas funcionalidades no website, em especial relacionadas à publicidade.

É seguro ter minhas informações armazenadas nos cookies?

Sim, é seguro. Todas as suas informações coletadas em nosso website são protegidas pelos nossos controles de segurança da informação certificados. Caso, contudo, o usuário não se sinta confortável com o uso dessa ferramenta, os cookies podem ser facilmente desabilitados, configurando o navegador. Nestes casos, o website pode não operar corretamente, ou ocasionar demasiada demora para carregar os conteúdos.

Para mais informações sobre como proceder em relação à gestão dos cookies nos navegadores, disponibilizamos os links abaixo:

É importante ressaltar que, quaisquer que sejam os cookies utilizados, toda informação coletada por eles é utilizada somente em conformidade com a finalidade e as diretrizes de nossa Política de Privacidade e Termos de Uso.

Leia mais em: Política de Cookies

Como protegemos os seus dados pessoais?

Todos os Dados Pessoais que Você nos enviar pela internet através de formulários de nosso website serão transferidos a via protocolo encriptado e armazenados em bancos de dados que não podem ser acessados em ambiente externo. Em outras palavras, todo e qualquer Dado Pessoal que Você nos enviar estará devidamente codificado de forma a não poder ser decifrado e lido por quaisquer agentes mal-intencionados. Nosso firewall é um mecanismo que previne acesso aos nossos servidores por pessoas que não componham o nosso quadro de funcionários, e está ativo ininterruptamente.

O Jornal Money não vende ou aluga seus contatos a absolutamente ninguém, ou seja, restringimos o acesso às informações a nossos funcionários e provedores de serviços contratados, conforme estabelecido nesta Política.

  • Mensagens de e-mail não solicitadas 

Todo o conteúdo de e-mail por Você enviado ao Jornal Money é confidencial. Não adicionaremos o seu endereço de e-mail às nossas listas de distribuição sem sua prévia permissão. Por razões de segurança, caso sua requisição seja sobre apenas uma de nossas newsletters, nós poderemos requisitar outras informações além das previamente fornecidas de forma a averiguar sua identidade. É importante ressaltar que neste caso nós confirmaremos apenas informações que Você já tenha previamente nos informado.

Temos uma política de promoção de nossos conteúdos, produtos e conteúdos vetando a utilização de mensagens de e-mail não desejadas. Nós exigimos que todas as mensagens de e-mail promovendo o Jornal Money ou os seus produtos sejam enviadas apenas a pessoas que já tenham aceitado receber tal conteúdo. É expressamente proibido qualquer tipo de promoção da marca Jornal Money ou de nosso website através de mensagens de e-mail indesejadas. O não-cumprimento desta política resultará no cancelamento de parceria e/ou rescisão de conta afiliada.

Por quanto tempo armazenamos os seus dados pessoais?

Reteremos seus Dados Pessoais pelo tempo que for necessário para cumprir a finalidade para a qual foram coletados, a menos que um período de retenção mais longo seja necessário em respeito a obrigações legais, para resguardar nossos direitos, cumprir acordos judiciais/extrajudiciais ou para fins de auditorias.

Para determinar o período de retenção de seus Dados Pessoais, nos baseamos nos seguintes critérios:

  • Se temos uma obrigação legal, contratual ou outra de reter Dados Pessoais, ou se são necessários para fins de investigação ou litígio; e
  • Se são necessários para manter registros comerciais e financeiros precisos.

Esgotada a finalidade ou a necessidade legal, os dados serão excluídos através de métodos de descarte seguro, ou anonimizados para fins meramente estatísticos.

Os Dados Pessoais dos usuários serão armazenados em servidores de computação em nuvem localizados no Brasil ou no exterior. Para isso, são observados todos os requerimentos estabelecidos pela legislação vigente e adotadas as melhores práticas de segurança e privacidade para garantir a integridade e confidencialidade dos Dados Pessoais.

Quais são os seus direitos e como exercê-los junto ao Jornal Money?

Qualquer que seja a relação que você opte por estabelecer com a Jornal Money, Você tem assegurados todos os direitos relativos aos seus dados pessoais previstos pela lei. Esses direitos incluem:

  • ter a confirmação de que os seus dados são tratados por Nós;
  • acessar os dados coletados;
  • corrigir os seus dados caso estejam incompletos, desatualizados ou não forem exatos;
  • solicitar que os dados armazenados sejam transferidos para outra instituição (portabilidade de dados);
  • pedir que seus dados sejam excluídos, bloqueados, eliminados ou tornados anônimos, se forem desnecessários, excessivos ou tratados de forma diferente do que garante a lei;
  • pedir que os dados tratados com consentimento sejam excluídos;
  • ser informada(o) sobre a possibilidade de consentir o uso de dados e sobre as consequências no caso de não consentir;
  • retirar a permissão de Tratamento de seus Dados Pessoais (revogar o consentimento);
  • receber informações sobre as entidades públicas ou privadas com as quais compartilhamos seus Dados Pessoais.
  • solicitar a revisão de decisões unicamente automatizadas que afetem seus interesses.

Em circunstâncias específicas, é possível que a sua requisição não seja atendida. Nestes casos, nós explicaremos os motivos que justificaram o não atendimento.

Na referida solicitação, deverá constar: (a) a qualificação do Titular (nome completo e e-mail), com a apresentação do documento de identificação; (b) a especificação da medida que o Titular pretende em relação aos seus dados pessoais; e (c) se for o caso, a especificação dos dados que são objeto da solicitação.

Dentro do prazo de 15 dias, se a lei ou a regulamentação não estabelecer prazo distinto, o Encarregado responderá à solicitação do Titular de dados pessoais: (a) comunicando o atendimento da solicitação; (b) apresentando justificativa, caso não seja possível cumprir à solicitação, ou; (c) estimando novo prazo para atendimento da solicitação e a justificativa relativa à prorrogação do prazo.

Requisições que envolvam dados pessoais e/ou documentos de outros titulares não serão atendidas, exceto mediante procuração, poder parental ou outra hipótese que autorize o exercício do direito de outro titular por você.

Há situações em que a Jornal Money precisará manter ou não poderá alterar os dados pessoais e, por tal razão, não poderá atender plenamente às solicitações que um Titular realizar, ainda que observadas as regras acima (e.g. quando a manutenção dos dados pessoais se mostrar necessária para o cumprimento de obrigações legais ou para atender ordem judicial).

Nós poderemos ocasionalmente utilizar seu nome e endereço de e-mail para enviar informações relativas a conteúdos do Jornal Money que possam lhe interessar. Se a qualquer tempo Você desejar ser removido de nossa lista de distribuição de conteúdo gratuito ou caso Você entenda que já tenha recebido equivocadamente alguma mensagem não-solicitada por parte do Jornal Money, entre em contato conosco através do seguinte canal: contato@jornalmoney.com.

Links para sites de terceiros

Nós podemos fornecer links para outros sites/plataformas que não são operados e controlados por Nós. Não temos controle sobre o conteúdo desses sites/plataformas, e nem sobre o modo como os Terceiros responsáveis por eles coletam e usam as suas informações pessoais. Não promovemos sites de Terceiros nem fazemos quaisquer declarações sobre eles.

Os sites de Terceiros poderão ter os seus próprios avisos de privacidade que disponham sobre o uso e compartilhamento de suas informações pessoais. Assim, recomendamos a leitura atenta desses avisos de privacidade para garantir que Você esteja ciente com o modo e a forma que as suas informações pessoais estão sendo coletadas e compartilhadas por estes Terceiros.

Cookie DART do Google DoubleClick

O Google atua como um provedor terceirizado em nosso site. Para direcionar anúncios aos visitantes de acordo com suas interações em www.jornalmoney.com e outros sites da Internet, o Google utiliza cookies, conhecidos como cookies DART. É importante notar que os visitantes têm a opção de recusar o uso desses cookies DART ao acessar a Política de Privacidade de Anúncios e da Rede de Conteúdo do Google no seguinte URL: https://policies.google.com/technologies/ads

Políticas de privacidade de parceiros de publicidade

Você pode consultar esta lista para encontrar a Política de Privacidade de cada um dos parceiros publicitários do Jornal Money.

Servidores de anúncios ou redes de anúncios de terceiros empregam tecnologias como cookiesJavaScript ou Web Beacons em seus anúncios e links, os quais são diretamente enviados aos navegadores dos usuários. Automaticamente, essas tecnologias capturam o endereço IP dos usuários. Esses métodos são utilizados para avaliar a eficácia das campanhas publicitárias e/ou personalizar o conteúdo publicitário exibido nos websites visitados.

É importante destacar que o Jornal Pop não possui acesso ou controle sobre esses cookies utilizados por anunciantes terceiros.

Políticas de privacidade de terceiros

Política de Privacidade do Jornal Money não abrange outros anunciantes ou sites. Sugerimos que consulte as Políticas de Privacidade específicas desses servidores de anúncios de terceiros para obter informações mais detalhadas, incluindo suas práticas e instruções sobre como desativar opções específicas.

Caso deseje, é possível desativar os cookies por meio das configurações individuais do seu navegador. Para obter informações mais detalhadas sobre o gerenciamento de cookies em navegadores específicos, consulte os respectivos sites dos navegadores.

Direitos de Privacidade sob a CCPA (Não Venda Minhas Informações Pessoais)

Conforme estipulado pela California Consumer Privacy Act (CCPA), os consumidores na Califórnia possuem vários direitos, incluindo:

  1. Solicitar que uma empresa que coleta dados pessoais divulgue as categorias e os dados pessoais específicos que foram coletados sobre o consumidor.
  2. Solicitar que uma empresa exclua quaisquer dados pessoais coletados sobre o consumidor.
  3. Solicitar que uma empresa que vende dados pessoais do consumidor não venda essas informações.

Após a apresentação de uma solicitação, comprometemo-nos a responder dentro de um mês. Se desejar exercer algum desses direitos, por favor, entre em contato conosco.

Direitos de Proteção de Dados sob o GDPR

Desejamos garantir que você esteja totalmente ciente de todos os seus direitos de proteção de dados. Cada usuário possui os seguintes direitos:

  1. Direito de Acesso – Você pode solicitar cópias dos seus dados pessoais, com a possibilidade de ser aplicada uma pequena taxa por esse serviço.
  2. Direito à Retificação – Você tem o direito de solicitar a correção de informações que considere imprecisas e adicionar informações que julgue estar incompletas.
  3. Direito ao Apagamento – Pode solicitar a exclusão de seus dados pessoais, sujeito a determinadas condições.
  4. Direito de Restringir o Processamento – É possível solicitar a restrição do processamento dos seus dados pessoais, em conformidade com certas condições.
  5. Direito de Oposição ao Processamento – Você tem o direito de se opor ao processamento dos seus dados pessoais, sujeito a determinadas condições.
  6. Direito à Portabilidade dos Dados – Pode requisitar a transferência dos dados que coletamos para outra organização ou diretamente para você, sujeito a certas condições.

Ao realizar uma solicitação, comprometemo-nos a responder no prazo de um mês. Se desejar exercer algum desses direitos, por favor, entre em contato conosco.

Informações para Crianças

Outro aspecto crucial de nossa prioridade é garantir a proteção das crianças durante o uso da Internet. Instamos os pais e responsáveis a observar, participar, monitorar e orientar as atividades online de seus filhos.

O Jornal Money não coleta intencionalmente informações pessoais identificáveis de crianças menores de 13 anos. Se você suspeitar que seu filho forneceu esse tipo de informação em nosso site, recomendamos enfaticamente que entre em contato conosco imediatamente. Comprometemo-nos a realizar os melhores esforços para remover prontamente tais informações de nossos registros.

Dúvidas Gerais

Caso Você tenha dúvidas, reclamações ou quiser exercer seus direitos relacionados aos seus Dados Pessoais, Você pode entrar em contato com o Jornal Money através de nossos canais oficiais, ou então enviar um e-mail para contato@jornalmoney.com.

Alterações a essa política de privacidade

Jornal Money poderá alterar esta Política de Privacidade a qualquer tempo. Toda vez que alguma condição relevante desta Política de Privacidade for alterada, essas alterações serão válidas, eficazes e vinculantes após a nova versão ser divulgada no nosso website.

Prezamos sempre pela transparência: toda vez que uma alteração relevante for feita, nós enviaremos um comunicado a Você, no website e/ou por meio dos canais de contato que Você nos informou no momento do cadastro, indicando a nova versão vigente.

Última versão atualizada em 15 de setembro de 2023.

Glossário

Termo/ExpressãoSignificado
Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD)É o órgão da administração pública federal responsável por zelar pela proteção de Dados Pessoais e por regulamentar, implementar e fiscalizar o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (Lei Federal nº13.709/2018) no Brasil.
Dados PessoaisSão as informações relativas a uma pessoa natural identificada ou que permitem a sua identificação, direta ou indiretamente. Além de informações básicas de identificação, a exemplo de nome, número de identificação, dados de localização, são também considerado Dados Pessoais outros dados que estejam relacionados com uma pessoa natural, tais como seus hábitos de consumo, sua aparência e aspectos de sua personalidade.
Dados Pessoais SensíveisQualquer Dado Pessoal que diga respeito à origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, bem como dado referente à saúde ou à vida sexual, dado genético ou biométrico.
TitularPessoa física a quem se referem os Dados Pessoais.
TratamentoÉ qualquer atividade realizada com Dados Pessoais, como coleta, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, atualização, comunicação, transferência, compartilhamento e extração.
Você ou UsuárioPessoas físicas que utilizam o website e os conteúdos disponibilizados pelo Jornal Money.

Ultima atualização 15 de janeiro de 2024.